5 motivos para negarem o seu cartão de crédito

Antes de ter um cartão de crédito, toda pessoa é submetida a um cadastro e avaliação, e em muitos casos esse pedido a determinado banco acaba sendo negado.

5 motivos para negarem o seu cartão de crédito

Por que isso pode acontecer? Entenda quando um cartão de crédito pode ser negado a seguir:

1-Problemas com documentos ou dados incorretos

Na hora de fazer o pedido do seu cartão, certifique-se de que todos os seus dados estejam corretos, dando mais importância ainda aos relacionados à sua renda. E tudo o que for pedido, envie, desde um comprovante de renda a cópias de documentos, algumas instituições pedem autenticadas, outras não.

O banco emissor vai conferir todos os seus dados, e qualquer informação diferente, incompleta ou errada vai atrapalhar o processo e negar então o seu cartão.

2-O famoso “nome sujo”

Isso é um fato que ninguém pode mudar e não tem exceção: Uma pessoa com nome sujo não consegue liberação para ter cartão.

Isso se deve ao fato de os bancos avaliarem o perfil do cliente como um bom pagador de contas ou não, o que influencia completamente nas atividades bancárias da instituição.

O tal do “nome sujo” é referente a todas as pessoas que possuem ficha no SPC ou Serasa, por estar com contas atrasadas e dívidas a serem quitadas, sendo consideradas como possíveis maus pagadores aos bancos. Nem todos os bancos avaliam esse fator.

3-Pontuação do Score de crédito

Durante a avaliação do pedido do cliente, o banco faz uma análise chamada Score, em que se analisa variados fatores criando um tipo de pontuação ao cliente,  de 0 a 100.

Nesse Score, avaliam-se estado civil, emprego, renda mensal, histórico de dívidas, de crédito, se tem ou já teve nome sujo, se já teve documentos roubados ou clonados, se tem algum financiamento pendente, outros tipos de contas já abertas, dentre outros fatores que o banco considerar essenciais.

Tudo isso pode interferir na conclusão de o cliente ser considerado de baixo ou alto risco ao banco, o que influencia também no valor que poderá ser liberado como crédito.

4-Histórico financeiro

E mesmo tendo um nome atualmente limpo, com dívidas quitadas e tudo em dia, o banco também avalia o seu histórico como pagador de contas e isso pode ser fator para rejeitar seu cartão.

Por mais que atualmente suas contas estejam em dia, o banco pode considerar de alto risco você ter atrasado contas no passado e não liberar o cartão, mas isso pode ser justificado e revertido com sua comprovação de atual renda estável.

5-Valor da renda insuficiente

Por fim, um outro fator que pode ser a razão de negar o cartão é porque a pessoa não possui o mínimo de renda exigido pelo banco para o tipo de cartão solicitado.

Cartões nacionais e internacionais possuem valores de renda mínima mensal diferentes, por exemplo. Alguns bancos ainda exigem que o cliente tenha determinada renda X mensal definida, e para pessoas que não têm um mínimo a ser declarado, não há como ter cartão de crédito.

Se você já teve seu cartão de crédito negado mais de uma vez, não desista. Tente manter ao máximo seus pagamentos em dia, criando um perfil atual de bom pagador, e pesquise outras empresas com critérios de concessão do cartão diferentes, assim você se adequa àquele que melhor lhe acolher.